Buscar no Blog

Carregando...

sábado, 15 de março de 2008

Monteiro Lobato em quadrinhos e livros pela Globo


Esse sábado, na XIII Bienal do Livro, a Editora Globo lança os primeiros volumes de uma coleção que vai reunir toda a obra de Monteiro Lobato. Serão 56 livros ao total, 31 deles voltados para o público infanto-juvenil, publicados até o fim do ano que vem. Além disso, os livros infanto-juvenis vão ganhar uma versão em quadrinhos – o primeiro deles, Dom Quixote das Crianças, já estará disponível na Bienal.Posteriormente, a editora prevê o lançamento em quadrinhos de outros cinco livros: O Minotauro, Hans Staden, Peter Pan, Fábulas e Os Doze Trabalhos de Hércules.


Na Bienal, serão lançados também novos livros de Reinações de Narizinho (em dois volumes), Viagem ao Céu e Urupês (da linha adulta). O Saci deve ser publicado até o fim do mês.Na linha infanto-juvenil e de quadrinhos, as ilustrações são de Paulo Borges e do estúdio Cor e Imagem, respectivamente. Já na linha adulta, o novo design gráfico fica a cargo de Guto Lins.Todos os lançamentos estarão à venda na Bienal por R$ 19,90.


Clique aqui para ver a lista com o plano de obra da editora.O projeto da Globo só foi possível graças a um acordo entre a editora Brasiliense, que detinha os direitos sobre a obra do escritor desde 1945, e a família de Lobato, que entrou na justiça contra a editora em 1988, reclamando da falta de atualização da obra.As edições da Globo vêm com conteúdo atualizado, passando por revisão ortográfica, com projeto gráfico modernizado e várias ilustrações. O conteúdo não vai sofrer alterações, exceto nos livros paradidáticos, como Emília no País da Gramática e Geografia de Dona Benta. Professores e pedagogos vão contribuir para a atualização dessas obras.Monteiro Lobato (1882 – 1948) é um dos mais influentes e conhecidos autores brasileiros do século 20. Sua coleção de livros para crianças, protagonizados pelos personagens do Sítio do Pica-Pau Amarelo, aliam diversão e conteúdo educativo, misturando literatura universal, mitologia grega, personagens do cinema a elementos da cultura e do folclore nacional.


Seus romances e contos para adultos são tidos como divisores de águas na literatura brasileira.

Nenhum comentário: