Buscar no Blog

Carregando...

terça-feira, 2 de setembro de 2014

Gibi número 1

fd

Por onde anda Caetano O'Maihlan?

O Chico Maciel de 2006 era interpretado por Caetano O'Maihlan. Atualmente o ator está contratado pela Rede Record e faz comerciais, entre eles está a nova propaganda da Ford que está sendo veiculada em rede nacional.

Vídeo

Capítulo 1 a Cuca Vai Pegar

segunda-feira, 1 de setembro de 2014

Homenagem de Maurício de Sousa ao Sítio!

Você sabia que o Sítio foi considerado o melhor programa infantil em 2001?

A mistura de tradição e tecnologia deu certo na nova adaptação de Sítio do Picapau Amarelo, que estreou este ano na Globo. Os efeitos de computação gráfica conseguiram traduzir, com vantagem, o universo mágico da obra infantil de Monteiro Lobato. Mas, além das peripécias tecnológicas, estão os acertos de direção e elenco. É a primeira vez, por exemplo, que Emília é interpretada na tevê por uma criança. E a pequena Isabelle Drummond vem dando um show de carisma como a boneca de pano. Tanto que ganhou o título de "Atriz Revelação". Com tudo a favor, o Sítio do Pica-pau Amarelo arrebatou a preferência de 74% do eleitorado e se consagrou como o "Melhor Programa Infantil" do ano. Além de tudo, o programa tem como mérito extra resgatar o antológico tema composto por Gilberto Gil na década de 70.

Notícia: 2001

Passatempo

fd

domingo, 31 de agosto de 2014

sexta-feira, 29 de agosto de 2014

Qual dessas turminhas você prefere?

 

 

Zilka Salaberry fala sobre o Sítio

fd

"A Cena que eu lembro e que foi marcante, é quando Emília (Dirce Migliaccio) chega do Reino das Águas Claras falando".

O que você quer ver no Mundo do Sítio?

 

O Mundo do Sítio está preparando uma surpresa de dia das crianças. Por isso, eles querem saber o que você quer ver no Mundo do Sítio! Conte para a gente uma ideia bem legal que você iria adorar encontrar dentro do jogo.

Já pensou que divertido seria se aparecesse uma piscina no meio da Vila? Ou uma roupa nova super colorida para você usar no seu avatar? Pode ser até mesmo um livro novo na Biblioteca do Visconde!

Conte para a gente o que você quer ver no Mundo do Sítio. Se você tiver uma ideia muito legal,quem sabe, o pó do pirlimpimpim faz aparecer!

Emília – Uma biografia não autorizada da Marquesa de Rabicó

“A Emília é infernal. Não posso mais com ela. Quando estou batendo o teclado, ela posta-se ao lado da máquina e quem diz que eu digo o que desejo?”, disse Lobato chamando a boneca de “Independência ou Morte”. Independente, mandona, divertida, amiga. Emília sempre esteve a frente das brincadeiras no Sítio e de qualquer reinação nova. Por isso, é dela o primeiro livro de Memórias dentro do Sítio e só poderia ser dela também a primeira biografia não autorizada, escrita por Socorro Acioli.

Para conhecer mais sobre o livro e a relação da autora com Lobato, veja a entrevista que fizemos com a Socorro durante a Bienal de São Paulo:

Como começou seu interesse em estudar Monteiro Lobato?

Foi durante o mestrado em Literatura, em 2002. Eu queria pesquisar um tema de Literatura Infantil porque estava escrevendo o meu primeiro livro para crianças. Para escrever bem, eu queria estudar tudo sobre o melhor autor infantil brasileiro, que pra mim é Monteiro Lobato.

Você tem outros livros dedicado ao Sítio e às obras de Lobato, mas quando a Emília ganhou destaque e recebeu essa homenagem em forma de livro?

Eu publiquei “Aula de Leitura com Monteiro Lobato”, que fala sobre como era a vida dos leitores no Sítio do Picapau Amarelo, o que eles liam, como eram as sessões de histórias com dona Benta, como os livros despertavam a aventura. O mais interessante foi estudar a Emília lendo o clássico Dom Quixote, de Miguel de Cervantes. Voltei para ler os 24 livros de novo, marcando e copiando todos os detalhes sobre Emília. Foi aí que eu percebi que tinha em mãos uma biografia incrível.

De onde veio a inspiração para o título do seu último livro , que está no seu novo livro “Emília – Uma Biografia não autorizada da Marquesa de Rabicó”?

De duas coisas: primeiro porque estávamos trabalhando na edição do livro bem na época da polêmica das biografias e achamos (eu e a Casa da Palavra) que seria engraçado envolver a Emília nisso. Segundo, porque nas “Memórias da Emília” ela diz que biografia é pra contar a vida como deveria ter sido, ou seja, usando a mentira. E como eu só escrevi verdades, tenho certeza de que Emília não autorizaria nunca.

Das frases compiladas no livro ditas pela boneca, qual é a mais marcante a você, e porquê?

“O gostoso é ir andando ao léu, sem saber o que acontece. Sempre detestei programas”.
Eu sou o oposto disso, planejo tudo. Mas acho que Emília tem razão: de vez em quando é preciso confiar no destino.

Qual a sua invenção favorita do Sítio?

O pó de Pirlimpimpim. Sem dúvidas. Eu gostaria de conseguir um pouco, inclusive.

A Emília é dos personagens do Sítio que você mais gosta? Com qual deles se identifica?

Eu gosto de todos os personagens do Sítio, acho cada um mais incrível que o outro. Mas Emília é minha preferida, sim. Ela é cheia de energia, otimismo, é segura, não tem medo de nada. Acho que às vezes ela poderia ter sido um pouco mais educada com as pessoas, mais gentil. Ninguém é perfeito. O bonito é aprender a amar apesar dos defeitos e eu amo muito a Emília.

Se você pudesse visitar o Sítio por um dia, qual seria a primeira coisa a fazer?

Tomar café e comer bolinho de chuva na varanda do Sítio, conversando com todos eles. Que sonho!

Monteiro Lobato estava nas suas leituras quando criança? Qual dos livros do Sítio gostava mais?

Sim, eu tive uma coleção da obra do Lobato na infância e cuidava como se fosse de ouro. Meu preferido sempre foi “A reforma da natureza”, protagonizado pela Emília.

Já está pensando no próximo livro? Sobre qual tema gostaria de abordar?

Sim, estou trabalhando em um projeto para jovens, mas ainda é segredo. Sobre o Sítio, não tenho nenhum outro plano, ainda. Mas eu adoraria fazer o roteiro da Biografia da Emília pro cinema ou televisão.

quarta-feira, 27 de agosto de 2014

Relembrando Sítio em Mangá

fd

fd

fd

fd

Monteiro Lobato na Bienal

A 23ª Bienal do Livro de São Paulo começou no dia 22 de agosto e está fazendo sucesso entre os adultos e a criançada. Com livros, palestras, brincadeiras e oficinas o lugar é um sonho para quem é apaixonado pela leitura.

Lá, é possível encontrar obras de autores famosos de todo o mundo e, é claro, que o nosso querido Monteiro Lobato teve presença garantida na feira. No stand da Globo Livros você pode achar as publicações do Lobato e se deliciar com suas histórias.Tem até uma amarelinha com os personagens para brincar.

Na parte infantil, a coleção Pirilimpimpim é uma das mais procuradas. Se passar por lá, dê uma olhada nas obras: Pedido de Casamento, O medo, Viagem ao Céu, Os sete leitõezinhos e muitas outras.

Mas não são só os pequenos que conseguem encontrar livros do escritor. Na parte dos adultos,Lobato está presente em várias obras como As Reinações de Narizinho, numa edição de colecionador, cheia de ilustrações inéditas.

Você já passou por lá? Conte para a gente qual livro você gostou mais.

terça-feira, 26 de agosto de 2014

Receita de Bolinho de Chuva

A receitinha vem lá de Portugal, mas ficou conhecida mesmo nas mãos de uma senhorinha bem especial: Tia Nastácia, do Sítio do Picapau Amarelo. Vamos começar a meter a mão na massa e fazer deliciosos Bolinhos de Chuva?

 

fd

Mundo Gloob relembra Gibis antigos!

fd

O Site do Mundo Gloob já relembrou alguns gibis antigos da história. Entre eles aparece a capa de uma das revistas em quadrinhos do Sítio, lançada em meados de 1977.

http://mundogloob.globo.com/programas/area-dos-pais/fotos/2013/08/revistas-em-quadrinhos-antigas.html

domingo, 24 de agosto de 2014

Mesa de Festas

Propaganda

fd

Propaganda do musical do Sítio